Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Pseudocontos’ Category

Sutileza

post_sutil

Ele estava velho e cansado. Não tão velho quanto se pode ser, mas já bem velho. Seguia na estrada, sempre sozinho, buscando encontrar os deuses. Já tivera mulheres, talvez alguns filhos, havia sido mercador rico, embora de origem pobre, perdera tudo e começara de novo. Não se importava. O incomodava somente o fato de jamais ter encontrado sinal da existência dos deuses.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

post_lights

Load up on guns, bring your friends…

Já estava tudo preparado para a festa. Compraram a cerveja, arrumaram um som potente, compraram as camisinhas. Mas, enquanto os colegas pensavam em quantas piriguetes iriam pegar, Júlio só queria uma garota: Vivian. Bom, quase tudo estava certo. Só faltava ela confirmar se iria mesmo aparecer.

(mais…)

Read Full Post »

post_books

Era uma vez um homem que sabia tudo. Ele já tinha lido todos os livros, de todos os assuntos. Não havia algo que ele não soubesse. Passou em primeiro lugar no vestibular, pois tinha lido todos os livros e apostilas, e sabia todas as questões. Na faculdade, formou-se com honra ao mérito, por ter conseguido nota máximas em todas as provas. Ele realmente sabia tudo.

(mais…)

Read Full Post »

post_caminhao

Acordou antes mesmo que o galo cantasse. Lavou o rosto na pia amarelada do quartículo do hotel. Um café preto e um biscoito frito de polvilho, um tanto quanto encharcado. Quando saiu, o olhar de um galo acompanhou aborrecido aquele que nem mesmo esperava seu canto para poder se levantar.

(mais…)

Read Full Post »

post_lobo

Apenas começava inverno quando surgiram as primeiras histórias sobre o lobisomem. Contavam que havia atacado fazendas ao norte do reino, deixando morta todo tipo de criação, e que as sobreviventes precisavam ser sacrificadas, pois sua mordida infecta as deixara como loucas. Os boatos se tornaram mais freqüentes, e logo o Príncipe ordenou que o exército do reino redobrasse as tropas e a vigia durante as noites de segunda-feira, que era quando a besta atacava.

(mais…)

Read Full Post »