Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Trupe de Quinta’ Category

Infinito Particular

post_infinito

– Quem é você? De onde você é? Onde você está? Quando você nasceu?

– Desculpe, estou ocupado agora. Isso é algum tipo de promoção? Posso responder isso depois?

Espaço e tempo talvez sejam os fatores mais importantes na experiência humana. Quem quer que você seja, provavelmente é composto de matéria, que, em algum determinado momento, passou a existir e a ocupar um espaço no mundo.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

post_fe

A mitologia exerce, então, a função de apresentar o homem do mistério, da experiência mística que o fará sentir o transcendente. Esse é o sentido original do termo religião, religare, re-ligar o homem. Mas re-ligá-lo a quê? Bom, aqui temos três opções, duas oferecidas pelo Campbell e uma terceira adicionada por minha conta.

(mais…)

Read Full Post »

Sutileza

post_sutil

Ele estava velho e cansado. Não tão velho quanto se pode ser, mas já bem velho. Seguia na estrada, sempre sozinho, buscando encontrar os deuses. Já tivera mulheres, talvez alguns filhos, havia sido mercador rico, embora de origem pobre, perdera tudo e começara de novo. Não se importava. O incomodava somente o fato de jamais ter encontrado sinal da existência dos deuses.

(mais…)

Read Full Post »

post_lights

Load up on guns, bring your friends…

Já estava tudo preparado para a festa. Compraram a cerveja, arrumaram um som potente, compraram as camisinhas. Mas, enquanto os colegas pensavam em quantas piriguetes iriam pegar, Júlio só queria uma garota: Vivian. Bom, quase tudo estava certo. Só faltava ela confirmar se iria mesmo aparecer.

(mais…)

Read Full Post »

post_espelhos

Em Sandman, somos apresentados à família dos Perpétuos, sete entidades supra-cósmicas, que representam os aspectos imutáveis do Universo. Eles são superiores aos deuses, pois, enquanto estes vêm e vão, desaparecendo quando os homens deixarem de louvá-los, os Perpétuos estarão sempre presentes. Por ordem de idade, eles são: Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio (que antes era Deleite).

(mais…)

Read Full Post »

post_caminhao

Acordou antes mesmo que o galo cantasse. Lavou o rosto na pia amarelada do quartículo do hotel. Um café preto e um biscoito frito de polvilho, um tanto quanto encharcado. Quando saiu, o olhar de um galo acompanhou aborrecido aquele que nem mesmo esperava seu canto para poder se levantar.

(mais…)

Read Full Post »